Estiagem prolongada afeta produção da Hypera em GO

Valor Econômico - por Ana Paula Machado.
29/10/2019.

A seca que atingiu a região Centro-Oeste do país este ano afetou as operações da Hypera Pharma em Anápolis, Goiás. O presidente da farmacêutica, Breno Oliveira, disse durante teleconferência com analistas, que a produção de medicamentos no terceiro trimestre deste ano foi impactada pela estiagem mais longa.

Segundo ele, o período de seca durou mais tempo do que o normal e isso causou racionamento no abastecimento de água na região. “Não conseguimos produzir para atender o mercado. Vamos ver como vai se comportar a produção nesse quatro trimestre”, disse o executivo.

Oliveira ressaltou que o impacto da seca na produção no terceiro trimestre deste ano foi de cerca de R$ 15 milhões. “Esse valor está relacionado aos medicamentos que não conseguimos produzir e consequentemente vender”, afirmou Oliveira.

Para resolver o problema de abastecimento de medicamentos no mercado brasileiro, a Hypera está fazendo um investimento para aumento de capacidade em Anápolis. Oliveira ressaltou que no segundo semestre de 2020 e início de 2021, a companhia deverá conseguir atender ao mercado de forma regular.

“Estamos em fase de obras na área de sólidos e em 2021 iniciaremos a expansão na área de vitaminas. Com isso, teremos disponibilidade para atender o mercado da melhor forma”, ressaltou.

O executivo afirmou, ainda, que a Hypera deverá aumentar o volume de investimentos já neste quarto trimestre. “O capex [investimento], se olharmos trimestre contra trimestre, foi o dobro neste ano e quando se compara o acumulado contra acumulado, a alta é de 50%. Isso muito em função dos investimentos em capacidade. Agora, vamos ver uma aceleração no capex no quarto trimestre”, afirmou Oliveira.

A melhora operacional poderá ser refletida da margem bruta da companhia nos próximos trimestres. Segundo o diretor de relações com investidores da Hypera, Adalmario Ghovatto Satheler do Couto, que metade da queda da margem bruta da companhia no terceiro trimestre foi em razão de fatores estruturantes.